Arquivo da categoria: Arquitetura alternativa

O pensamento fraco na arquitetura III

Vinheta - Copia

 

SUSTENTABILIDADE

Toda a discussão atual sobre a sustentabilidade, que envolve também a arquitetura, pode ser colocada relacionando a oposição entre o Pensamento Forte e Pensamento Fraco. O primeiro, reflexo do pensamento iluminista,  reproduz tardiamente o espírito de Francis Bacon do domínio do Homem sobre as coisas, sustentando que a Natureza deveria ser obrigada a servir-lo, e este deveria extrair dela os seus segredos. E não somente os segredos, poder-se-ia acrescentar, mas também suas fontes de energia. Assim é que a modernidade é a época dos combustíveis fósseis, do carvão e do petróleo e a arquitetura dos grandes centros urbanos, os arranha-céus de aço e vidro, grandes incorporadores e consumidores de energia, e que são vilões do pensamento sustentável.

lever-house-blog

As graves crises ocorridas nos anos 1970 colocaram em questão essa representação arquitetônica do mito do desenvolvimento. No ambiente da arquitetura, os extremistas falaram da falência da arquitetura moderna, os mais moderados em uma grave crise da qual não se sairia a não ser tomando um rumo novo. Continuar lendo

Anúncios

Sobre favelas

Favela

Uma arquitetura que

o arquiteto não cria [1]

Arqº. Henri Michel Lesbaupin [2]

Morar em favela? “Ninguém merece!” dirá a maioria.
Está tão disseminada essa ideia que erradicar favela ou, pelo menos, melhorar a qualidade de vida de seus moradores é um recorrente programa de governo. Já se tentou de tudo: construir habitações bem longe (tipo Cidade de Deus), promover mutirões e auto-gestão, remover barracos e abrigar as famílias em prédios de apartamentos, até o mais recente que é urbanizar o assentamento e garantir a permanência do maior número possível de famílias nos seus locais de moradia.

image
Este último esforço, no entanto, não tem impedido a remoção de muita gente. Colocar redes de água, esgoto, drenagem, energia e iluminação, abrir ruas e implantar guias e sarjetas; pavimentar acessos; criar playgrounds, canalizar córregos e delimitar áreas de preservação permanente, tudo isso exige espaço e, portanto, desalojar pessoas.

Continuar lendo

Agro-habitação

  Agro-Habitação e Sustentabilidade

Sobre um artigo publicado em www.archdaily.com.

Edição e comentários Silvio Colin

Agro-Housing 1

 A Agro-Habitação foi o projeto vencedor da versão 2007 do Concurso para Habitação Sustentável promovido pela Living Steel para a China. Parte edifício de habitação, parte estufa, a proposta prevê  para os moradores da cidade a possibilidade de ter uma experiência de agricultor. Uma combinação de amenidades rurais e facilidades urbanas, a proposta é um partido original sobre a dualidade campo-cidade. Não deixa de ser um olhar inovativo sobre a urbanidade sustentável.

Continuar lendo

Materiais verdes

Silvio Colin

O conceito de construção sustentável incorpora e integra uma variedade de estratégias durante a concepção, construção e operação de projetos arquitetônicos. Chamamos materiais e produtos verdes aqueles que são compatíveis com esta atitude.  O uso destes materiais representa uma atitude importante no projeto de um edifício, pois oferecem muitos benefícios para o proprietário e ocupantes do edifício, quais sejam: custos de manutenção e substituição reduzidos, quando relacionados com a vida do edifício; conservação de energia, preservação da saúde dos ocupantes, redução de custos associados com a alteração de configurações espaciais, maior flexibilidade de design.

Coletor com painel solar fotovoltaico. Imagem <www.buildingwithawareness.com> Continuar lendo

Novo Urbanismo. Cidades de pedestres

Extraído de http://www.newurbanism.org/pedestrian.html

Traduzido por Silvio Colin

Imagem <www.newurbanism.org>

Projetar grandes áreas para o conforto e prazer do pedestre é um dos aspectos mais importantes de Nova Urbanismo.  Os melhores lugares do mundo para se viver são cidades com redes inteiras de ruas sem carros, conhecidas como cidades de pedestres. Continuar lendo

10 mandamentos da arquitetura sustentável

Silvio Colin

1 – Pense pequeno

Imagem http://www.dailyrumors.net

Pequenas casas são belas e aconchegantes. No século XX a tendência foi de, sempre que possível, habitar grandes casas e grandes edifícios de apartamentos, que consomem grandes quantidades de energia. Quanto maior a casa ou apartamento, mais material e maior dano para o ecosistema. Uma habitação deve ter o tamanho correto para seus moradores. Nem mais nem menos. Isto se pode conseguir com o uso eficiente do espaço, boa organização, e guardando apenas o necessário, descartando-se do que não se vai mais utilizar. Continuar lendo

Bruce Goff

Silvio Colin

A beleza explode quando é necessário; o artista a sente por dentro. E nenhum desalento pode detê-lo. (Bruce Goff)

Quase um desconhecido dos estudantes brasileiros, Goff é uma das maiores expressões da arquitetura romântica americana, utilizando-se sempre de materiais alternativos e formas inusitadas para expressar a sua explosiva criatividade.

Bruce Alonzo Goff nasceu em Alton, Kansas, 08 de junho de 1904. Foi uma criança prodígio. Com doze anos, foi aprendiz na firma Rush, Rush e Endacott de Tulsa, Oklahoma, e tornou-se sócio da empresa em 1930. Ele é autor, juntamente com sua professora de arte Adah Robinson, do projeto da Igreja Metodista Episcopal de Tulsa, na Boston Avenue, um dos melhores exemplos da arquitetura Art Déco nos Estados Unidos.
Igreja Metodista Episcopal de Tulsa. 1927-9. Adah Robinson e Bruce Goff. Imagem http://imaginativeamerica.com Continuar lendo